SOBRE

A companhia surgiu no ano de 1990 como Cia. de Teatro Garatuja, só em 2001 modificamos devido uma nova vertente que surgia a Dança contemporânea, hoje trabalhamos diversas linguagens e modalidades de teatro e dança. Essa companhia se tornou a maior companhia de teatro e dança do Acre com referencias em todo o estado tanto com teatro quanto com a dança. Realizamos hoje o maior evento de dança do estado Mostra Garatuja de Dança e o Festival de Dança do Aquiry. Prêmios: 2005 – Funarte Petrobras com Chapurys 2006 – Chico Mendes de Florestania com Chapurys. 2006 – Prêmio Funarte Miriam Muniz de Fomento ao Teatro com Rosa Vermelha. 2007 – Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna com Estágio Modular da Dança. 2008 – Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna com A Saga de Yo Bá 2009 e 2010, estagio Modular da Dança II em 2011.
Realizamos o projeto Laboratório da Dramaturgia do Corpo em 2013 no Amazônia Cultural e pelo Fundo Estadual, onde tivemos a oportunidade de estamos na comunidade do Crôa, e no rio Gregório com o Povo yawanawa no Festival Yawa da aldeia Mutum. Em 2013 iniciamos a dramaturgia do espetáculo Kenes, apresentamos no !ª Seminário de Pesquisa da Mitologia Indígena e Dramaturgia do Corpo em 29 de maio de 2014 no Teatro recreio. Maturando as Artes Cênicas em Cruzeiro do Sul e Rio Branco.
Apresentamos Kenes no SBPC em 2014 na Universidade federal do Acre, Maturando as Artes Cênicas II.
Ainda em 2014 realizamos o II Seminário da Mitologia Indígena e Dramaturgia do Corpo no dia 20 de dezembro, ainda em dezembro apresentamos na Panamazônica no Hosto Florestal. Viagem de pesquisa ao Jordâo aldeia lago Lindo, processo cênico Ikuâni.
Em 2015 realizamos durante todo ano o laboratório da Dramaturgia do Corpo, montagem do Ikuâni, realização da VII Mostra Garatuja de Dança, participação no 9º Seminário da Faculdade Angel Vianna no Rio de Janeiro com Ikuâni.
Estreia do Ikuâni em março de 2016 e realização do projeto Maturando as Artes Cênicas III, lançamento do Documentário Mariri Yawa e diversas temporadas do Ikuâni e Saga de Yobà.
Apresentação e Circulação nos Municípios do Acre no Edital Jamaxi Cultural 2016, 2017 e 2018.
Apresentação nos bairros de Rio Branco no Gameleira Cultural 2017 espetáculos: Ikuâni e Saga de Yo bá.

FONTE: Texto fornecido por Regina Maciel (Companhia Garatuja de Artes Cênicas)

Blog: http://ciagaratujadeartescenicas.blogspot.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/Cia-Garatuja-de-Artes-C%C3%AAnicas-372602986211911/

ESPETÁCULOS

Ikuãni (2016)

Kênes (2014)

A Saga de Yo Bá (2008)

Rastros (2001)